PESQUISA EM SITE

Cultura de discurso na comunicação empresarial.

O processo de troca de informações é a comunicação. A cultura implica normas e regras que são estabelecidas em todas as sociedades. A cultura empresarial é um meio necessário de relacionamentos na esfera empresarial. A cultura do discurso na comunicação empresarial baseia-se em princípios estabelecidos de cultura corporativa e tradições nacionais.

Em negócios comerciais, empresariais, políticose outras esferas de atividade, reuniões de negócios e negociações desempenham uma função importante, de modo que a cultura da fala na comunicação comercial é de pouca importância. A psicologia e a ética dos processos de negociação são estudadas não apenas por cidadãos individuais, mas também por organizações, e a tecnologia para a realização de negociações é ministrada durante a formação de especialistas. Reuniões de negócios e negociações são realizadas verbalmente, ou seja, verbalmente, verbalmente, portanto, obriga os participantes da comunicação a serem não apenas alfabetizados, mas também conhecer a ética da comunicação de fala. Importantes são os gestos, as expressões faciais, que acompanham a fala, ou seja, comunicação não-verbal. É muito importante conhecer e seguir os aspectos não-verbais da comunicação ao negociar com parceiros estrangeiros que representam outras religiões e culturas.

A cultura do discurso na comunicação empresarial é consideradanão apenas como uma forma especial de comportamento e sistemas de sinais. A conversa comercial inclui a cultura lógica, verbal, não verbal e também psicológica. A base de uma cultura de comunicação é o respeito mútuo e a benevolência, é por essas qualidades que o resultado das negociações em andamento depende em grande parte.

A conversa comercial é a troca de informações,opiniões que não implicam a conclusão de um acordo ou de um tratado, nem implica a adoção de decisões necessárias à execução. Pode preceder as negociações.

As negociações são um procedimento mais formal,personagem específico. O resultado das negociações, como regra geral, é assinar documentos e determinar obrigações mútuas. Durante a preparação para as conversas, é importante determinar o assunto, encontrar parceiros para sua implementação, esclarecer os interesses dos parceiros e os seus próprios, desenvolver um plano de negociação, selecionar especialistas para a delegação, resolver problemas organizacionais e emitir os materiais necessários. O fluxo de negociações, em regra, prossegue de acordo com o esquema: o início da comunicação - o intercâmbio de informações - a argumentação, a contra-argumentação - o desenvolvimento e a coordenação das decisões - a conclusão do processo de negociação.

A cultura da fala na comunicação empresarial fornecea possibilidade de concluir grandes negócios e aumentar o seu próprio capital. Todo mundo que quer melhorar nessa área tem amplas oportunidades, como muitos livros de negócios são escritos em etiqueta de negócios, além de treinamentos e cursos de ensino de iniciantes. As comunicações de fala nas negociações comerciais estão armadas não só com o conhecimento da teoria, mas com habilidades práticas necessárias no campo da comunicação empresarial, revelando a especificidade da interação das pessoas através do uso da linguagem. A linguagem, por sua vez, não é apenas um meio de comunicação humana, mas também atua como um instrumento de conhecimento e uma ferramenta de pensamento. Portanto, a comunicação verbal nas negociações empresariais entre pessoas é o principal mecanismo para alcançar os objetivos estabelecidos, o que implica uma atitude psicologicamente favorável. A comunicação efetiva com um parceiro é obrigada a garantir um estado positivo e criar oportunidades de cooperação contínua, por isso é extremamente importante para os interlocutores remover as emoções negativas e possuir as habilidades de soluções psicológicas. As habilidades de conversas sem conflito, resultando, como resultado, em resultados mutuamente benéficos é a mais alta escola de comunicação comercial.

</ p>
  • Avaliação: